Domingo, 12 de Setembro de 2004

A Alice a puta.....

puta.jpg




Acordo sem vontade de levantar o corpo da
cama.....outro dia igual a tantos outros, outro dia da minha puta de vida.


Mas é isso mesmo que eu sou, uma puta,
uma mulher que ganha dinheiro a vender o corpo, a fazer sexo pelo sexo, sem
sentimentos, sem entrega, sem amor. Amor?  Palavra que oiço apenas, nunca a
senti em mim...nunca soube que era amar alguém, será que é importante saber o
que é? Quem pode amar uma puta? Quem entrega o coração a uma mulher que faz sexo
pelo dinheiro? Ninguém, ninguém se entrega......ninguém.


Levanto-me e olho no espelho......viro os
olhos, não me quero ver, não quero ver a imagem de uma puta , de uma mulher
vazia, oca, seca.....aquela não sou eu! Não quero ser eu! Recuso o meu reflexo
no espelho.....mas sou eu que estou ali, aquela é a Alice, a que está todas as
noites naquela esquina escura e fria á espera que os carros parem, à espera de
homens nojento que procuram sexo num corpo jovem e que ainda é belo. Aquela
ali....é a puta da Alice.


Alice, meu nome de rua....meu nome de
guerra, nome que os clientes procuram, nome que o meu chulo me chama, nome
.......nome de puta.


Margarida, Margarida, já não consigo
dizer meu nome verdadeiro, nome que minha mãe escreveu ,nome que meu pai me
chamou" Margarida como uma flor" disse ele aos amigos, com os olhos brilhante e
felizes.....minha Margarida, minha filha. Onde se perdeu essa Margarida? Nada me
faz lembrar que um dia fui feliz, que fui criança, mulher, que fui alguém nesta
vida, com nome próprio , com amor, lágrimas , alegria com tudo...hoje não tenho
nada dessa vida, nem o nome, nem a flor...deixei tudo naquela terra distante e
bela. A Margarida morreu no dia que nasceu a Alice, essa é a que existe hoje,
essa sou eu....


Olho para o relógios, está na hora de
começar o ritual, de começar a vestir  a farda, Alice começa a surgir
......o espelho já conhece a imagem , já sabe quem está a preparar-se , não
reflectem a lágrimas que antes saiam dos seus olhos, já não se quebra quando ela
atirava as botas altas.......é tudo igual a todos os dia....a Alice puta está a
preparar-se para sair.....os homens esperam seu corpo para terem 20 minutos de
prazer.......e ela, será que tem 5 minutos de mulher desejada e amada? A Alice a
puta............





</html>
publicado por scamuflada às 23:42
link | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. FORÇA PORTUGAL

. feliz páscoa...a todos!

. ...

. ...

. um mão...

. amizade

. chocolate

. sem palavras

. ...

. ...

.arquivos

. Junho 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds