Quinta-feira, 13 de Maio de 2004

QUE EU EXISTO

chateada.gif




não te consigo entender, por mais que tente ,
não consigo entrar no teu pensamento. hoje vi-me de novo no teu olhar, tentei
perceber as tuas palavras, a  linguagem dos teus olhos ...mas perdi-me
neles, como sempre, fico encantada com o brilho deles e como me olham
penetrantes. consegui ver desejo , vontade de me beijar , de me abraçar, mas não
senti isso no meu corpo, não senti as tuas mãos nas minhas costas, não senti os
teus lábios nos meus, senti só desejo num olhar.


falamos, rimos, brincamos, e fizemos cara de
sérios, e eu sem entender o que querias dizer nas entrelinhas que ias deixando
ao acaso. Querias saber o que pensava, o que não pensava, o que queria dizer e
não dissera , querias saber o que a minha alma reclamava. Tu, sabes as respostas
todas, não necessito de nada dizer, basta entrares dentro dos meus olhos e
consegues chegar ao meu coração, as respostas que tu sabes estão lá.


Disseste que não te afastas-te que não
procuras, que continuas a falar, que nunca deixas-te de falar, que te apeteceu
ver-me, que prometes um dia só nosso...que..que...bebi todos os teus "ques" e
não consegui dar nenhum significado a eles.


Não sei que pensar, não sei te compreender, não
sei....sei que te desejo, que gosto muito de ti, que és especial,
sei...sei...sei...


Que sei afinal ? Que quero entender ? Nada,
apenas que me desejes como vi hoje no teu olhar...nada mais te
peço.....apenas....apenas.....QUE EU EXISTO.


 





</html>
publicado por scamuflada às 22:08
link do post | comentar | favorito
|
10 comentários:
De Anónimo a 14 de Maio de 2004 às 19:55
Acabei de olhar o espelho e ver o meu próprio reflexo.... certamente não o descreveria melhor, gostei :)ApitBull
(http:\\apitbull.blogs.sapo.pt)
(mailto:ApitBullapitbull@hotmail.com)
De Anónimo a 14 de Maio de 2004 às 17:01
Mais uma vez..simplesmente sophie..gostei!Zeus
(http://blogdezeus.blogs.sapo.pt/)
(mailto:z_olimpo@sapo.pt)
De Anónimo a 14 de Maio de 2004 às 16:08
Très joli tien post.Paris
</a>
(mailto:paris@avec.fr)
De Anónimo a 14 de Maio de 2004 às 14:03
Fizeste-me lembrar tempos antigos!! Chorei... Lindo!Júlio
(http://www.espacoj.blogs.sapo.pt)
(mailto:e990912@dee.isep.ipp.py)
De Anónimo a 14 de Maio de 2004 às 13:24
Ques, podem ter tantos ou nenhuns significados, os olhares ? que dizer? As palavras, os gestos, esses sim comunicam! Olhares, ficam-se p'las vontades! Adorei, beijos.jorgebond
(http://tounotop.blogs.sapo.pt)
(mailto:januarioassuncao@sapo.pt)
De Anónimo a 14 de Maio de 2004 às 12:07
Pois é Sofia por situações desse tipo passamos todos mas a anulação do eu e a realização através do outro é algo um pouco auto-destructivo. Desculpa dizer-te isto, não é crítica ao teu texto é uma reflexão de quem já passou por muita coisa dessas! Beijinhoslique
(http://mulher50a60.blogs.sapo.pt)
(mailto:lique2@sapo.pt)
De Anónimo a 13 de Maio de 2004 às 23:49
Está muito bem escrito...Essas situações acho que já aconteceram a muito boa gente...wind
</a>
(mailto:cruzi@netcabo.pt)
De Anónimo a 13 de Maio de 2004 às 23:13
Passei por situações na vida minha vida, que sem quereres descreveste aqui. Gostei do poema, identifico-me com ele...analfabeto
(http://analfabetosexual.blogs.sapo.pt)
(mailto:analfabeto_sexual@sapo.pt)
De Anónimo a 13 de Maio de 2004 às 22:20
Olá sofia, boa noite! Está muito bonito o teu texto, mas dificil de perceber. BeijosGuiomar
</a>
(mailto:cjoguiomar@hotmail.com)
De Anónimo a 13 de Maio de 2004 às 22:13
Boa noite amiga é fantastico como compreendo as tuas palavras , revi me nelas .Escusado sera dizer k adorei o teu texto , mais uma vez estas de parabens.Beijokas*******tou que nem posso
</a>
(mailto:mnh@sapo.pt)

Comentar post