Quarta-feira, 21 de Julho de 2004

MEDO

O_Medo_de_te_perder.jpg





Medo......


tenho medo, medo de tudo


medo de ouvir"eu quero gostar de
ti"


medo de mostrar as minhas
lágrimas


medo de te ver afastar .....


medo de passar a linha por nós
imposta


medo de não sorrir, medo de não
te ver a sorrir


tenho medo de não saber deixar
de gostar de ti


tenho medo...........





</html>
publicado por scamuflada às 00:09
link do post | comentar | favorito
|
18 comentários:
De Anónimo a 29 de Julho de 2004 às 22:29
A nossa segurança, por vezes corta-nos o desejop do risco! jokas.jorgebond
(http://tounotop.blogs.sapo.pt)
(mailto:januarioassuncao@sapo.pt)
De Anónimo a 27 de Julho de 2004 às 00:04
==CRUZ== mas mesmo na inocencia existe medo, mesmo quando gostamos e esses nos magoam.Mesmo na fase adulta o medo permanece sempre. volta sempre aqui ao meu cantinho. bjssofia camuflada
</a>
(mailto:scamuflada@sapo.pt)
De Anónimo a 27 de Julho de 2004 às 00:00
==ELECTRA== enão somos as unicas...existem tanta gente que tem medo...ele existe sempre. beijossofia camuflada
</a>
(mailto:scamuflada@sapo.pt)
De Anónimo a 26 de Julho de 2004 às 23:59
==MARIA LUA==acho que sim..partilhamos medos..mas quem não os tem? existem sempre medos...beijossofia camuflada
</a>
(mailto:scamuflada@sapo.pt)
De Anónimo a 26 de Julho de 2004 às 23:57
==O5ELEMENTO== fica, serás sempre bem vinda aqui, e fazes-me companhia..obrigada pelo miminho..beijossofia camuflada
</a>
(mailto:scamuflada@sapo.pt)
De Anónimo a 26 de Julho de 2004 às 19:55
Eu sinto que o medo tem origem quando na nossa inocência de crianças o gostar de gostar sai espontaneamente e como os adultos próximos perderam essa espontaneidade devido a um sem fim de circunstâncias da vida deles ,que muitas vezes não deixou sair o amor que dentro deles havia e assim não podiam olhar nossa inocência, feriram-nos nessa confiança natural . Agora adulta, despida das minhas circunstâncias e limpas as feridas, sinto que quando fazemos essa ponte com essa inocência de criança, crescemos , perdemos o medo de ter medo de amar os outros , incluindo os que nos magoaram e saboreamos com outro olhar a vida cruz
</a>
(mailto:Eureka_cruz@sapo.pt)
De Anónimo a 24 de Julho de 2004 às 17:26
oi!
ñ deixes k o medo ponha barreiras na tua vida, luta contra eles, força.
jinhos
bom fim de semanaMiss Devil
(http://missdevil.blogs.sapo.pt)
(mailto:Miss-Devil@sapo.pt)
De Anónimo a 24 de Julho de 2004 às 16:07
Bingo... e afinal não sou só eu... Lindoelectra
</a>
(mailto:dessionario@msn.com)
De Anónimo a 24 de Julho de 2004 às 00:43
"Tenho medo de tudo o que senti não ter/ de tudo o que tive mas já perdi / tenho pena das minhas mãos vazias que nunca conhecerão verdadeiramente as tuas/ pois não sou já aquela que já fui/ há tanto tempo que me procuro que agora tenho medo de algum dia me encontrar"

Partilhamos medos? Um beijo.Maria Lua
(http://estoriasdelua.blogs.sapo.pt)
(mailto:porsermar@hotmail.com)
De Anónimo a 23 de Julho de 2004 às 23:25
{ venho deixar um mimo: }{ ... # gosto de aqui estar #
estou neste lugar
porque gosto de aqui estar.
sinto o cheiro da manha
e as lágrimas do tempo.
estou neste lugar
porque tenho sede de ficar.
sinto que aqui vou parar.
aqui quero esperar
sinto que o tempo me vem buscar.
gosto, gosto de aqui estar...
© biquinha ... }{ bom*fds }
o5elemento
(http://o5elemento.blogs.sapo.pt)
(mailto:o5elemento@sapo.pt)

Comentar post